Regulamento

Prémio de Voluntariado Universitário | Santander Universidades

O Banco Santander Totta, através do programa Santander Universidades, promove, desde 2003 e no âmbito da sua Política de Envolvimento com a Comunidade, o apoio ao Conhecimento e Ensino Superior.

Com o objetivo de incentivar a prática de uma cidadania ativa através do voluntariado e recompensar o esforço dos estudantes universitários mais envolvidos, o Santander Universidades lança a 2.ª Edição do Prémio de Voluntariado Universitário, que visa reconhecer os projetos de voluntariado promovidos por estudantes do Ensino Superior, com benefícios para a sociedade e igualmente para o desenvolvimento das suas competências pessoais, regendo-se pelo presente regulamento.

1.º

Enquadramento

  1. O Prémio de Voluntariado Universitário (P.V.U.) pretende reconhecer os projetos de voluntariado promovidos por estudantes do Ensino Superior, através de entidades por si constituídas e participadas maioritariamente.
  2. O Prémio aqui descrito é promovido pelo Banco Santander Totta, S.A. – Capital Social: 1.256.723.284€ – C.R.C. Lisboa 1ª Secção, nº 500 844 321 (anterior nº 1587) – NIPC 500 844 321 – Sede Social: Rua do Ouro, nº 8 – 1100-063 LISBOA.

2.º

Objetivos

  1. O Prémio pretende apoiar o desenvolvimento e distinguir as melhores práticas de voluntariado universitário, concorrendo para:
    a) Contribuir para uma sociedade mais justa e equitativa através da sensibilização e divulgação do voluntariado junto de todo o coletivo do ensino superior.
    b) Promover o voluntariado como exercício de responsabilidade social e cidadania ativa, com benefícios para a sociedade e igualmente para o desenvolvimento das suas competências pessoais;
    c) Valorizar e divulgar as melhores práticas de voluntariado universitário que contribuam para o desenvolvimento do terceiro setor.

3.º

Candidatos

  1. Podem candidatar-se ao presente Prémio entidades coletivas constituídas e participadas maioritariamente por estudantes universitários, que respeitem as seguintes condições:
    a) Promovam atividades de voluntariado em território nacional;
    b) Estejam legalmente constituídas e possuam personalidade jurídica;
    c) Estejam enquadradas, diretamente ou por via de uma Associação Académica, numa Instituição de Ensino Superior (I.E.S.).
  2. São elegíveis projetos dirigidos a diferentes faixas etárias (crianças, jovens, adultos, idosos) e perfis de beneficiários (crianças e jovens em risco, desempregados, emigrantes, pessoas com deficiência, entre outros) que possam contribuir para a educação/sensibilização, capacitação, inserção profissional, melhoria das condições de vida, entre outros.

4.º

Candidaturas

  1. As candidaturas deverão ser efetuadas através do preenchimento completo do formulário digital criado para o efeito, disponibilizado no site (pvu.ajudamos.pt), de 2 a 27 de outubro de 2017.
    a) As candidaturas deverão traduzir um resumo do projeto e do plano de trabalho previsto, evidenciando os seus objetivos e a forma como a sua intervenção irá contribuir para a alteração do problema e/ou necessidade identificada, de acordo com os critérios apresentados no artigo 5.º deste regulamento.
    b) Dos dados enviados devem fazer parte: o nome, morada e contacto da entidade candidata, n.º de identificação fiscal (NIPC), o nome da Instituição de Ensino Superior que a enquadra, bem como o nome, contacto telefónico e de correio eletrónico de uma pessoa responsável.
    c) Apenas serão consideradas válidas as candidaturas que, juntamente com o formulário digital, submetam  um breve vídeo de apresentação (partilhado através do youtube).
    d) Não existe qualquer limite de candidaturas por entidade, podendo os candidatos concorrer com quantos projetos desejem, desde que comprovem a sua pertinência e enquadramento na comunidade envolvente e submetam uma candidatura por projeto.
  2. Cada candidato só poderá ter um projeto vencedor entre os projetos com que concorreu.Para mais informações ou esclarecimento de dúvidas relacionadas com o Prémio, poderão contactar-nos através do e-mail candidaturas@pvu.pt ou do telefone 913 604 515 (dias úteis, das 9h às 13h e das 14h às 18h). Questões de ordem técnica ou problemas com a plataforma, deverão ser expostos através de e-mail.

5.º

Critérios de Avaliação

  1. Serão considerados como critérios de avaliação, as características estruturantes do projeto, designadamente:
    a) Relevância e pertinência do projeto – Adequabilidade da intervenção proposta face à necessidade/problemática identificada. Tendo em conta a capacidade de identificação de um problema social, o enquadramento e justificação do desígnio do projeto;
    b) Coerência do plano de trabalho – Exequibilidade dos objetivos: adequabilidade da intervenção proposta face aos objetivos identificados e relação entre os meios definidos e os resultados previstos (viabilidade técnica);
    c) Alcance da intervenção – número de beneficiários diretos, ponderado juntamente com um efeito multiplicador, referente à profundidade da intervenção ou contributo para a prossecução dos objetivos;
    d) Plano de monitorização e avaliação – Definição de indicadores de sucesso.
  2. Os projetos candidatos serão ainda avaliados com base nos seguintes critérios:
    a) Originalidade e inovação – Valor acrescentado do projeto face ao histórico da organização, abordagem à problemática ou práticas comuns;
    b) Envolvimento da comunidade – Estratégia para mobilização de voluntários e promoção de sinergias com entidades relevantes e que contribuam para o sucesso do projeto e otimização de recursos;
    c) Vídeo de apresentação do projeto – Capacidade de comunicação do projeto, apresentação do seu propósito e objetivos pretendidos.

6.º

Prémios

  1. Os projetos vencedores serão premiados nas seguintes categorias:
    a) PVU Projeto – pela capacidade de identificação de um problema social e a adequação da intervenção efetiva de iniciativas com mais de um ano de experiência.
    b) PVU Comunidade – pela capacidade de envolvimento de diferentes stakeholders: quer de beneficiários no desenvolvimento do projeto, quer de voluntários e parcerias na sua implementação. A esta categoria concorrem apenas as iniciativas com mais de um ano de experiência.
    c) PVU Ideias – pela capacidade de identificação de um problema social e a adequação da intervenção proposta, de novas ideias ou de iniciativas com menos de um ano de experiência.
    d) PVU Comunicação – de entre todos os candidatos, será ainda distinguido o melhor vídeo de candidatura, em função da capacidade de apresentação e comunicação da iniciativa que representam.
  2. Iniciativas com um ou mais anos de experiência concorrem para as categorias a), b) e d) do ponto anterior. As novas iniciativas ou com experiência inferior a um ano, concorrem para as categorias c) e d).
  3. Serão atribuídos prémios de reconhecimento público aos quatro projetos melhor pontuados pelo júri competente:
    a) Prémio monetário para o desenvolvimento do projeto – no valor de 3.000€, para as categorias a), b) e c), e 1.000€ para a categoria d) –, atribuído sob a forma de donativo numa conta em nome das entidades candidatas com conta no Banco Santander Totta e mediante a apresentação de um recibo;
    b) Mentoria para apoio à prossecução dos objetivos, por um voluntário do Banco Santander Totta, durante o período máximo de um ano;
    c) Divulgação nos meios de comunicação social definidos para o efeito, mobilizando a opinião pública para a prática do voluntariado e divulgando as boas práticas no âmbito dos projetos de voluntariado universitário.
  4. Em caso algum o Banco Santander Totta será responsável pelos danos ou prejuízos resultantes da atribuição, aceitação, gozo, utilização ou rejeição do Prémio.

7.º     

Júri do Prémio

  1. O júri competente será nomeado pelo Santander Totta e constituído por representantes de entidades parceiras e mérito reconhecido nas áreas da Juventude, Voluntariado e Ensino Superior.
    • O júri classificará os projetos candidatos de acordo com os critérios definidos, distinguindo uma iniciativa em cada uma das categorias a), b) e c).
    • Serão eleitos vencedoras as iniciativas melhor classificadas;
    • Cada projeto só poderá ser distinguido num única categoria;
    • A deliberação do júri é soberana, não sendo admitidos quaisquer pedidos de recurso.
  2. Para atribuição do Prémio PVU Comunicação, serão colocados online os 10 vídeos melhor classificados pela aplicação dos critérios, para votação do público.

8.º

Anúncio de Vencedores

  1. Os vencedores do Prémio serão anunciados no final do ano no site do Prémio (pvu.ajudamos.pt), na página de Facebook do Santander Universidades, no site do Banco Santander Totta e por todos os demais meios que o promotor entenda por convenientes, nomeadamente órgãos de comunicação social.
  2. Todos os candidatos participantes receberão o anúncio de vencedores até 15 de dezembro de 2017.

9.º

Cerimónia de Entrega de Prémios

  1. Os quatro Prémios e eventuais menções honrosas serão entregues em cerimónia a realizar para o efeito no dia 5 de dezembro de 2017.
  2. Os 10 finalistas deverão obrigatoriamente participar, ou fazer-se representar, na referida cerimónia para receber o Prémio, podendo a cerimónia ter lugar em Lisboa no Porto ou em Coimbra.

10.º

Deveres dos Projetos Vencedores

  1. Comprometer-se a divulgar a sua premiação nos respetivos sites e canais de comunicação, por forma a reconhecer o apoio do Banco aos seus projetos, nomeadamente através da inserção do logotipo do Banco Santander Totta nas plataformas de projeto;
  2. Nomear um interlocutor, para efeitos de mentoria por um director senior do Banco Santander Totta, para acompanhamento do projeto.

11.º

Autorização de Recolha e Tratamento de Dados Pessoais

  1. Os candidatos ao Prémio autorizam expressamente o Banco Santander Totta a recolher, registar e a tratar informaticamente, os seus dados pessoais, quer diretamente quer através de empresas que possam ser subcontratadas para esse efeito, tendo em vista a inscrição e participação neste Prémio nos exatos termos que constam das regras descritas neste documento.
  2. Os participantes que venham a vencer o Prémio declaram que autorizam que lhes seja tirada uma fotografia aquando da entrega do prémio, para efeitos de anúncio/publicitação da entrega desse prémio, no Facebook, site e demais canais do Banco Santander Totta.
  3. O Banco adverte que os dados recolhidos em redes abertas são suscetíveis de serem vistos e utilizados por terceiros não autorizados.
  4. Os participantes autorizam que os dados recolhidos no âmbito deste Prémio sejam utilizados para fins de comunicação e de marketing, podendo a qualquer tempo opor-se a tal, manifestando essa oposição através de um e-mail dirigido a candidaturas@pvu.pt.
  5. O Banco Santander Totta obriga-se, em todo o caso, a respeitar a confidencialidade dos dados fornecidos pelos participantes e a fazer o tratamento dos mesmos no estrito cumprimento do regime de proteção legal de dados pessoais.

12.º

Propriedade

  1. Os documentos entregues no âmbito deste Prémio, aquando da candidatura, nomeadamente os vídeos de apresentação dos projetos, passam a ser propriedade do Banco Santander Totta, com direito à sua publicação total ou parcial.
  2. Todos os participantes concordam em ceder ao Banco Santander Totta os direitos de utilização das suas participações nas diferentes plataformas de comunicação que este utiliza, sem que possa ser exigida qualquer contrapartida, sob a forma de remuneração, compensação ou outro.

13.º 

Informação adicional

  1. A candidatura ao Prémio implica a aceitação sem reservas pelos participantes dos Termos e Condições previstos no presente Regulamento.
  2. O Banco Santander Totta reserva-se o direito de não considerar as participações que não preencham os requisitos previstos neste Regulamento ou participações que não se enquadrem no âmbito deste Prémio, independentemente de quaisquer obrigações de comunicar aos participantes a desclassificação.
  3. O Banco Santander Totta reserva-se o direito de interromper a realização do Prémio com uma causa justificativa, se entender necessário, designadamente diminuir, acrescentar ou modificar as atividades ou períodos de participação, tornando-se as alterações efetivas após a sua publicação no site do Prémio (pvu.ajudamos.pt) com dois dias de antecedência.